NOTÍCIAS

Zoo de Lourosa apresenta-se na Fundação de Serralves de 16 a 22 de abril


Bioblitz convida o Único Parque Ornitológico do país

Preservar espécies, conhecer a biodiversidade, sensibilizar e educar para a proteção de um planeta único, para a manutenção de um lugar que é a nossa casa e a casa de milhões de espécies e seres que nela deverão habitar. Conhecimento e educação ambiental de mãos dadas, numa iniciativa que reúne diversos convidados especialistas em áreas que tratam estas temáticas ao detalhe. Entre eles estará, de 16 a 22 de abril, quer na programação para Escolas quer na programação para o público em geral, o Parque Ornitológico de Lourosa, pelo segundo ano consecutivo como convidado da Fundação. Pela notoriedade do seu trabalho científico e diferenciação, o equipamento zoológico de Santa Maria da Feira é representante do território em mais um reputado evento alusivo à conservação e preservação animal do país.

A iniciativa Bioblitz, levada a cabo pela Fundação de Serralves, dá a oportunidade aos participantes de todas as idades de encontrarem e identificarem “o maior número possível de espécies (fauna e flora), presentes no Parque de Serralves, num curto período de tempo, funcionando como uma "inventariação biológica relâmpago”. Um Bioblitz difere de outros inventários científicos pelo intenso esforço de concentrar muitas pessoas – especialistas de várias áreas, voluntários, famílias, alunos, professores e outros membros da comunidade – com a determinação comum em descobrir a Biodiversidade de um determinado local.” conforme se pode ler no site da Fundação, acerca da edição de 2018 do evento.

Durante a semana as ações são dirigidas às escolas, mediante inscrição prévia junto da organização, e no fim de semana, a 21 e 22 de abril, ao público em geral. O Zoo de Lourosa, estará presente com duas atividades, uma de carácter mais prático sendo um ateliê a que chamamos “a cada ave o seu bico” onde se demonstra, ao publico escolar, que os bicos

 

das aves são uma importante adaptação física, e estão perfeitamente desenhados para que cada uma das diferentes espécies possa conseguir alimentos de maneira adequada. Também estão adaptados para o habitat no qual vivem. Nesta atividade, os participantes irão explorar as diferentes morfologias dos bicos, e “vestindo a pele” de uma ave, experimentar qual o melhor utensílio que se adapta à sua alimentação. Para finalizar, vão levar para casa a sua “Ave-mola”!

Nos dias 21 e 22, para o público em geral, apresentaremos a oficina animada “Ao som dos passarinhos”. No seguimento da campanha da EAZA (Associação Europeia de Zoos e Aquários) “Silent Forest” que sensibiliza para a crescente ameaça que vivem as aves canoras no Sudoeste Asiático, contando a história de um músico apaixonado pelo som das aves que se cruza com uma fada das flores e dos passarinhos numa oficina em que, por entre instrumentos musicais e brincadeiras de grupo, os mais pequenos são levados a conhecer as dificuldades que enfrentam aquelas espécies. Parece existir uma espécie de amor confuso entre os Homens e estas belas criaturas. Sofrerão os Homens e as aves de cá, do mesmo mal?”

De resto, a participação no evento Bioblitz é gratuita, requerendo inscrição prévia para as atividades dedicadas às escolas. Todas as informações e programas em https://www.serralves.pt/pt/parque/bioblitz/ .



2018-04-10